Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Tierra de nadie

por S, em 24.11.07

"Todo tu cuerpo tiene

copa o dulzura destinada a mi.

Cuando subo la mano

encuentro en cada sitio una paloma

que me buscaba, como

si te hubieran, amor, hecho de arcilla

para mis propias manos de alfarero.

Tus rodillas, tus senos,

tu cintura

faltan en mi como en el hueco

de una tierra, sedienta

de la que desprendieron

una forma, y juntos somos

completos como un solo rio,

como una sola arena."

 

Pablo Neruda

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:45

O navio

por S, em 21.11.07

À espera no cais, sentada

de olhar perdido, em cada onda que se arrasta

sente chegar uma e outra alvorada

e aquece-se na brisa que as afasta

 

E ela espera, sentada no cais

em dias de sol e noites de frio

e espera cada vez mais

que um dia passe um navio

 

E sonha

E imagina

E sonha que imagina

E acredita

E deseja

E acredita que deseja

 

E sonha que imagina que acredita que deseja

que um dia, um navio irá passar

E imagina que sonha que deseja acreditar

que esse navio virá para a levar.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:08

Mar

por S, em 10.11.07

 

Estás a invadir-me.

 

E eu, a sentir cada gota tua.

 

As tuas ondas abraçam-me.

 

A tua voz deixa-me nua.

 

 

Não pares.

 

(M.)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:06

Amo-te

por S, em 06.11.07

 

 

Aquele "Amo-te", dito assim

do fundo dos teus olhos para o fundo dos meus

com tanto jeito e em jeito de adeus

anda feito louco, a dançar dentro de mim

 

(para L.)

 

Também te amo, apesar de não te ter dito.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:29

Nas minhas mãos

por S, em 03.11.07

Um corpo de palavras feito

de sílabas sussurradas a medo

moldado pela vontade do meu peito

dito pelos meus lábios em segredo

 

Um corpo de frases por escrever

feito apenas da história que quero inventar

de letras unidas ao sabor do meu prazer

com vírgulas e reticências onde eu decidir pontuar

 

O teu corpo escrito pelos meus dedos

o teu corpo lido sem parágrafos vãos

o teu corpo pertença dos meus enredos

o teu corpo nas minhas mãos

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:18

Não

por S, em 01.11.07

 

 

Não Quero

 

Não é não querer.

 

É apenas não.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:20


Na natureza nada se perde, nada se cria, tudo se transforma.

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Novembro 2007

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930



Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D